Amazonas / Liguria

Apoio ao desenvolvimento econ√īmico integrado da regi√£o do Alto Solim√Ķes

Abrang√™ncia territorial Estado do Amazonas, regi√£o do Alto Solim√Ķes

Regi√£o respons√°vel Regi√£o Liguria, por meio de organiza√ß√Ķes executoras selecionadas
Parceiros brasileiros Presid√™ncia da Rep√ļblica, SEPLAN (Secretaria de Estado de Planejamento do Estado do Amazonas), Amazonastur (Empresa Estadual de Turismo do Amazonas), Cons√≥rcio das Prefeituras do Alto Solim√Ķes, UEA (Universidade do Estado do Amazonas) – Unidade Acad√™mica “Centro de Estudos Superiores de Tabatinga”, UFAM (Universidade Federal do Amazonas) – Unidade Acad√™mica “Instituto de Natureza e Cultura de Benjamin Constant‚ÄĚ.

O projeto √© um desafio de interesse e relev√Ęncia n√£o somente local, j√° que trata do tema de um modelo de desenvolvimento econ√īmico compat√≠vel com o desenvolvimento humano e com a preserva√ß√£o ambiental, numa √°rea geogr√°fica – a Amaz√īnia – cuja prote√ß√£o √© fundamental para todos. O projeto se depara com condi√ß√Ķes sociais de extrema pobreza, junto √† falta de instrumentos que possibilitem o desenvolvimento de atividades econ√īmicas locais compat√≠veis com o car√°ter renov√°vel de in√ļmeras mat√©rias primas da natureza local.

Para isto, a organiza√ß√£o respons√°vel pela realiza√ß√£o do projeto (Lig√ļria Internacional S.c.p.a, sociedade de capital p√ļblico da Regi√£o Lig√ļria) est√° desenvolvendo, junto √† Presid√™ncia da Rep√ļblica, ao Estado do Amazonas e ao F√≥rum do Alto Solim√Ķes (uma organiza√ß√£o informal que inclui tanto as institui√ß√Ķes locais como os representantes da sociedade civil) projetos que podem ser decisivos para o futuro da regi√£o: log√≠stica de transportes, para facilitar o acesso dos produtos locais aos mercados, cria√ß√£o de cadeias produtivas especificamente projetadas com base na variedade dos recursos naturais presentes na regi√£o e na biodiversidade, turismo “social”, predominantemente juvenil e “interno”, destinado ao conhecimento sobre o ambiente e o fortalecimento da identidade nacional, dedicado, enfim, √†s gera√ß√Ķes que ser√£o respons√°veis pelo futuro da floresta pluvial brasileira.

A Liguria International prop√īs de financiar a elabora√ß√£o de planos de manejo florestal que possibilitar√£o, nos pr√≥ximos anos, o fornecimento de madeira certificada e de maneira sustent√°vel aos produtores locais, distribu√≠dos pelos nove munic√≠pios da regi√£o. Prop√īs e financiou uma parceria entre o DSA (Departamento de Ci√™ncias da Arquitetura da Escola Polit√©cnica de G√™nova) e a UFAM (Universidade Federal da Amaz√īnia) para o aperfei√ßoamento dos processos de transforma√ß√£o da madeira e dos produtos lenhosos, na perspectiva de aproximar de modo permanente os centros de pesquisa locais √†s microempresas. Por √ļltimo, est√° por ser constru√≠do, em colabora√ß√£o com a Universidade do Estado do Amazonas (UEA), um centro de acolhimento, promo√ß√£o e forma√ß√£o ambiental para receber turistas, principalmente jovens, que desejem conhecer a Amaz√īnia em toda a sua complexidade, hospedando-se nas regi√Ķes internas, naquela fr√°gil linha de fronteira que divide os territ√≥rios ind√≠genas das √°reas habitadas pelos n√£o √≠ndios.